Porto ÁguasML

🔒
❌ Sobre o FreshRSS
Há novos artigos disponíveis, clique para atualizar a página.
Antes de ontemSeus RSS feeds

Prêmio Mulheres Rurais – Espanha Reconhece, inscrições até 31 de janeiro

Águas Mídia Livre - Brasil - Bem comum em mídia livre

O período de inscrição para o Prêmio Mulheres Rurais – Espanha Reconhece foi prorrogado. Agora as inscrições poderão ser feitas até o dia 31 de janeiro de 2022 por meio do site www.premiomulheresrurais.com.br. ↗

Podem se inscrever iniciativas de coletivos de mulheres de qualquer lugar do Brasil que promovam a autonomia econômica das mulheres rurais (agricultoras, pescadoras, apicultoras, extrativistas, indígenas, quilombolas) e soluções inovadoras empreendidas por elas para o bem-estar de suas famílias, organizações e comunidades. 

Lançado em outubro do ano passado, no marco do Dia Internacional das Mulheres Rurais (15/10) e do Dia Mundial da Alimentação (16/10), o Prêmio é uma realização da Embaixada da Espanha no Brasil em parceria com o Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA), a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO) e a ONU Mulheres e tem o apoio do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), da Organização dos Estados Ibero-Americanos (OEI), do Serviço Social do Comércio (Sesc) e da Associação Brasileira das Entidades Estaduais de Assistência Técnica e Extensão Rural (Asbraer).

O Prêmio visa reconhecer experiências que incentivem autonomia econômica de mulheres rurais para promover a igualdade de gênero, aumentar a visibilidade da mulher rural e reconhecer a diversidade como matriz do desenvolvimento econômico, social e cultural. 

Reconhecimento

As mulheres produzem cerca de metade dos alimentos no mundo. Em sua diversidade (indígenas, afrodescendentes, quilombolas, camponesas, pescadoras, artesãs, migrantes, empreendedoras), elas correspondem a 43% da mão de obra agrícola no mundo – mas, ainda têm seu papel e importância negligenciados e estão fora dos principais espaços de decisão.  

No geral, as mulheres no campo também têm mais dificuldade de acesso à terra, ao crédito e a cadeias de alto valor, essenciais para sua subsistência e para o bem-estar das comunidades.  

Trabalhar pela equidade entre mulheres e homens no campo, reconhecendo o papel delas como beneficiárias e agentes para o desenvolvimento sustentável é fundamental para o alcance dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS) da Agenda 2030 da ONU e para um para um mundo com mais oportunidade a todas e todos.

O Prêmio Mulheres Rurais Espanha Reconhece dá visibilidade a essas questões ao promover ações e empreendimentos de coletivo de mulheres que fomentam suas comunidades e a preservação da (agro) biodiversidade por meio de iniciativas inovadoras. As mulheres e meninas são detentoras de conhecimento, guardiãs de suas terras e têm papel crucial para a resiliência frente às emergências climáticas.  

Premiação

Serão classificados e premiados três projetos de dez iniciativas finalistas. A premiação consiste em valores destinados a melhorar o empreendimento. O primeiro lugar receberá R$ 20 mil, o segundo, R$ 10 mil e o terceiro, R$ 5 mil. A entrega da premiação está prevista para 8 de março de 2022. O Prêmio conta com o patrocínio das empresas espanholas INDRA, ACCIONA, MAPFRE, JOSEP LLORENS e CMR Fruits. 

Além da premiação em dinheiro as três experiências mais bem pontuadas também receberão:

  • Acompanhamento e assistência técnica ao empreendimento – por parte da ASBRAER/RURAL COMMERCE;

  • Um notebook HP; 

  • Um ano de uso gratuito da Plataforma Rural E-commerce 

As dez experiências finalistas receberão: 

  • Um curso, na modalidade ensino à distância, voltado para o Empoderamento pessoal e econômico das mulheres rurais – por parte da OEI; 

  • Publicações técnicas das instituições promotoras relacionadas às questões de gênero; 

  • Certificado de reconhecimento internacional;

Detalhes sobre iniciativas habilitadas a concorrer ao prêmio, regras, comissão julgadora e premiação estão disponíveis na convocatória no site: www.premiomulheresrurais.com.br ↗

Sobre o IICA

É o organismo internacional especializado em agricultura do Sistema Interamericano. Sua missão é estimular, promover e apoiar os esforços de seus 34 Estados-membros para alcançar o desenvolvimento agrícola e o bem-estar rural, por meio da cooperação técnica internacional de excelência.

Para mais informações

Claudia Dianni, coordenadora de comunicação do IICA Brasil

claudia.dianni@iica.int ↗

Brasília, 03 de janeiro, 2022 (IICA)

O post Prêmio Mulheres Rurais – Espanha Reconhece, inscrições até 31 de janeiro apareceu primeiro em Águas Mídia Livre - Brasil.

Cartilha sobre acesso à terra e à moradia orienta pessoas refugiadas e migrantes no Brasil

Águas Mídia Livre - Brasil - Bem comum em mídia livre

Publicação responde à demanda desta população e é resultado de parceria entre ACNUR e Defensorias Públicas da União e do Estado no Pará

Belém, 21 de dezembro de 2021 – O acesso à moradia é um dos grandes desafios enfrentados por pessoas refugiadas e migrantes ao chegar em um país de acolhida. Além de desconhecerem a legislação local, muitas vezes, devido à vulnerabilidade em que se encontram, ocupam espaços de forma irregular ou são ludibriados em transações de aluguel e compra de imóveis.

Para atender as demandas desta população, a exemplo das famílias da etnia indígena venezuelana Warao que vivem nos municípios de Belém e Ananindeua (PA), a Agência da ONU para Refugiados (ACNUR), a Defensoria Pública da União (DPU) e a Defensoria Pública do Estado do Pará (DPE-PA) elaboraram a Cartilha sobre Acesso à Terra e à Moradia para Pessoas Refugiadas e Migrantes no Brasil, disponíveis em português e espanhol.

Lançada inicialmente em português e espanhol, a cartilha aborda diferentes temáticas, como o direito à moradia previsto na Constituição Federal e em instrumentos normativos internacionais, as diferenças entre imóveis rurais e urbanos, os conceitos de propriedade e posse, bem como os direitos e deveres de inquilinos e locatários e as normas que regem essa relação contratual no Brasil. A cartilha enfatiza, ainda, o direito à não discriminação garantido a  refugiados e migrantes.

A fim de orientar aqueles que pretendem comprar um imóvel no Brasil, o material traz algumas dicas importantes: “Antes de pagar pelo imóvel, solicite o documento do terreno ou da casa para verificar se o vendedor é o dono ou se está comprando uma posse segura. Por exemplo, veja se o vendedor tem um contrato ou recibo de compra e venda do imóvel em seu nome ou o tempo em que ele está nessa posse.

Os procedimentos relacionados à regularização fundiária também foram destacados. É possível que uma ocupação irregular seja transformada em regular, mas é preciso saber, por exemplo, quem é o dono do imóvel, se pertence ao poder público ou se se trata de uma área de proteção ambiental. Esse passo a passo é fundamental para garantir a segurança na posse ou a aquisição da propriedade.

A cartilha em espanhol têm como foco a população refugiada e migrante (inclusive indígena) da Venezuela no país. Em breve, novas traduções tornarão a cartilha acessível e útil para pessoas refugiadas e migrantes de outras nacionalidades que se encontram em território brasileiro.

O post Cartilha sobre acesso à terra e à moradia orienta pessoas refugiadas e migrantes no Brasil apareceu primeiro em Águas Mídia Livre - Brasil.

Marco regulatório cria mercado de carbono pré COP 26

Águas Mídia Livre - Brasil - Bem comum em mídia livre

Lançamento do marco regulatório para o mercado de carbono no Brasil apresenta os conflitos de um consenso lucrativo da agenda empresarial brasileira, em espaços onde empresas negociam, governo aprova e a sociedade observa a mercantilização da Natureza. 

Os esboços finais do Sistema Brasileiro de Comércio e Emissões de Gases de Efeito Estufa foram apresentados nesta terça-feira (31/08) durante o seminário final do Projeto Mercados de Carbono, incluindo o lançamento da proposta final de marco regulatório do setor.

Liderados cientificamente pelo Conselho Empresarial Brasileiro para o Desenvolvimento Sustentável (CEBDS), os estudos financiados por empresas como a Bayer Crop Science, a Vale e a Schneider Eletric têm apoio do setor da aviação civil e outros setores interessados na compra compensatória de toneladas de carbono em um mercado nacional.

O objetivo geral da pauta em trâmite do Congresso é não tirar a competitividade da indústria nacional mediante regras rígidas, como são consideradas as proposições biocêntricas, aquelas harmônicas com a Natureza.

Estas movimentações regulatórias do uso e poluição dos elementos naturais são fundamentais nas propostas da chamada “Pauta Verde” do Congresso, dado a urgência das articulações preparatórias da COP 26, que acontecerá em novembro na cidade de Glasgow, Escócia. 

A representante do setor hidroelétrico Solange Ribeiro, presidente adjunta da NeoEnergia, vê o momento como oportunidade para a venda dos ativos brasileiros, de modo que as adicionalidades da matriz energética brasileira possam chegar ao mercado global através de negócios possíveis entre os produtos já prontos para as negociações na COP 26.

O Deputado Federal Marcelo Ramos (PL-AM), propositor do PL 528/2021, deu detalhes da construção que regulamenta a criação do mercado Brasileiro de Redução de Emissões (MBRE). 

Ele será o responsável pela entrega da proposta em reunião com o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), e Carla Zambelli (PSL-SP), líder da Comissão de Meio Ambiente da Câmara.

Com a Europa em vias de iniciar seu primeiro ciclo de ajustes financeiros nas questões regulatórias da poluição com carbono, incluindo barreiras tarifárias aos setores mais poluentes, as negociações sobre as regras do plano de direitos de emissão pretendem dar tempo para que as empresas em território brasileiro possam ir se adaptando ao novo mercado. 

Alejandro Girardi, VP de Assuntos Públicos na América Latina da BAYER Crop Science, espera conseguir no mercado nacional a compra de aproximadamente 60% das milhões de toneladas de carbono que precisam mitigar.

Não identificamos registros de participação dos povos originários ou coletividades humanas sem interesse lucrativo na formulação do marco regulador que pretende ser a resposta brasileira à preservação das florestas e corpos hídricos do mundo.

Post originalmente publicado em: Brasil247 ↗

O post Marco regulatório cria mercado de carbono pré COP 26 apareceu primeiro em Águas Mídia Livre - Brasil.

O canto das águas: pela proteção de Rios limpos e livres no Brasil

Águas Mídia Livre - Brasil - Bem comum em mídia livre

Acompanhando os preparativos para o Dia Internacional das Águas, uma iniciativa super inspiradora da International Rivers e apoiada pela ONG MAPAS ↗ convida você para contribuir com sua ação por seu Rio amigo!

O CANTO DAS ÁGUAS: PELA PROTEÇÃO DE RIOS LIMPOS E LIVRES NO BRASIL

EVENTO NO DIA INTERNACIONAL DAS ÁGUAS, 22 DE MARÇO

No dia 22 de março de 2021, a International Rivers ↗ e parceiros pela proteção de rios estão organizando um evento destacando valores de rios e iniciativas inovadoras para garantir os rios livres, limpos e saudáveis no Brasil.

CHAMADA PARA RECEBIMENTO DE VÍDEOS

Duração: Vídeos de até 3 minutos ou trechos de vídeos mais longos com até 3 minutos

Qualidade: Imagem visível e som fácil de ser compreendido, sem necessidade de alta qualidade. Podem ser filmados com celular ou com qualquer dispositivo.

Conteúdo da sua contribuição

Os vídeos podem conter o seguinte conteúdo:

  • Relatos da importância dos rios para sua comunidade ou ecossistema
  • Poemas, músicas ou místicas destacando o valor dos rios
  • Relatos de iniciativas regionais e comunitárias de proteção de rios

Pedimos para que gravem os vídeos junto a um rio ou com um jarro de água ou copo com a água do seu rio.

Envie seu vídeo do Dia Internacional das Águas

Por favor enviem os vídeos para acarcamo@internationalrivers.org ou fmontiel@internationalrivers.org até dia 10 de março.

💦💦💦💦💦💦💦

Enviado por Vanessa Hasson

O post O canto das águas: pela proteção de Rios limpos e livres no Brasil apareceu primeiro em Águas Mídia Livre - Brasil.

Fenasan 2020, saneamento e meio ambiente na América Latina

Águas Mídia Livre - Brasil - Bem comum em mídia livre

Com o tema central “Saneamento ambiental: inclusão social para a cidadania”, o encontro será realizado de 15 a 17 de setembro, no Pavilhão Branco do Expo Center Norte, em São Paulo, capital.

Também vai acontecer O 31º Encontro Técnico da Associação dos Engenheiros da Sabesp, o Congresso Nacional de Saneamento e Meio Ambiente e a cereja do bolo – Fenasan 2020, a Feira Nacional de Saneamento e Meio Ambiente.

A data e local para acontecer, esperada em tempos de corona vírus, é de 15 a 17 de setembrono Pavilhão Branco do Expo Center Norte, em São Paulo, capital.

Com realização do encontro técnico da Associação dos Engenheiros da Sabesp – AESabesp, esta edição do maior evento de saneamento e meio ambiente da América Latina terá como tema central: “Saneamento ambiental: inclusão social para a cidadania”.

Alinhado aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU, o evento tem como objetivo mercadológico de divulgar o desenvolvimento tecnológico do saneamento e de produtos empregados em sistemas de tratamento de água, adução e abastecimento e sistemas de coleta, tratamento de esgotos, disposição final de resíduos e demais ações do saneamento ambiental.

Durante as atividades, especialistas de todo o Brasil debaterão temas como desenvolvimento tecnológico e inovação, educação ambiental, eficiência energética, mudanças climáticas, redução de perdas, resíduos sólidos, saneamento rural e Saúde Pública, entre outros.

São estimados mais de 2.000 congressistas, cerca de 20 mil visitantes e 250 empresas expositoras.

Veja mais sobre a Fenasan 2020

https://www.fenasan.com.br/ ↗

 

Serviço Fenasan 2020 

De 15 a 17 de setembro

Onde: no Pavilhão Branco do Expo Center Norte – São Paulo – SP

Congresso: 9h às 18h | Feira: 13h às 20h

Instagram:

 

Ver essa foto no Instagram

 

A AESabesp está tomando todas as medidas de precaução e seguindo todas as orientações das autoridades de saúde. Seguimos trabalhando para organizar o 31º Encontro Técnico AESabesp e Fenasan 2020 que reunirá as principais empresas do saneamento e proporcionará aos profissionais do setor uma experiência única, novas conexões e conhecimentos. . . 🗓 Agende-se: 15 a 17 de setembro de 2020 Pavilhão Branco – Expo Center Norte São Paulo – SP . . 🤝 Credenciamento gratuito: Antecipe seu credenciamento gratuito on-line para visitar as principais empresas nacionais e internacionais do setor e conhecer as novidades em equipamentos, serviços e produtos. . . 💬 Inscreva-se no Encontro Técnico AESabesp: Participe de debates e palestras com renomados profissionais do setor. Lote com valor reduzido até 31/07. . . ++++++++++++ LINKS NA BIO ++++++++++++ . . #31EncontroTecnico #Fenasan2020 ↗

Uma publicação compartilhada por Encontro Técnico – Fenasan ↗ (@fenasanencontro) em

Assessoria de Comunicação da AESabesp

Caso necessite de mais informações, entre em contato com:

Ana Paula Rogers – 11 9 8493 3662 (VIVO e WhatsApp) – 11 9 5820 0080 (TIM) –anarogers@foco21comunicacao.com ↗ e anapaularogers@gmail.com ↗

Suely Melo – 11 9 8839 0380 (WhatsApp) 11 9 5981-9321– suelymelo@foco21comunicacao.com ↗ e melo.suelymelo@gmail.com ↗

 

 

O post Fenasan 2020, saneamento e meio ambiente na América Latina apareceu primeiro em Águas Mídia Livre - Brasil.

❌